Quem Somos

 

         A Associação de Divisão de Base de Árbitros de Futebol - DBAF é um projeto pioneiro no futebol brasileiro, o qual visa fomentar em jovens de baixa renda o desejo pela atuação no ramo da arbitragem por meio de um trabalho de formação de base sobre os conhecimentos teóricos e práticos sobre as regras do futebol e suas peculiaridades.

         Nosso objetivo principal é, além de formar árbitros de futebol de qualidade, atuar como ferramenta de Inclusão Social por meio do esporte.

         Esse projeto de inclusão social é comandado pelo professor de Educação Física, árbitro formado pela UCSAL (Universidade Católica de Salvador) e pela FBF (Federação Bahiana de Futebol) e idealizador Rildo Gois. É totalmente gratuito e tem como público alvo: Jovens de baixa renda que possuem a faixa etária até 17 anos, de ambos os sexos. 

Missão: A missão da DBAF é estimular a prática esportiva, promover a proteção integral de crianças e adolescentes para a formação de cidadãos conscientes e atuantes na sociedade.

Visão: Ser um projeto de inclusão social reconhecido por diversos órgãos, instituições e entidades, por meio de atividades esportivas para crianças e adolescentes, alinhados aos princípios de inclusão, construção coletiva, educação integral, diversidade e autonomia.

Valores: Resgatar o valor e a característica de cada indivíduo, que muita das vezes não são valorizados; saber e perceber que cada cidadão tem o seu valor, o valor da moral, da ética, do respeito, da integridade, do direito, e etc. Para nós da DBAF unindo todos esses valores forma o bom cidadão.

Objetivos Específicos do Projeto DBAF

• Promover a prática esportiva em todas as classes sociais, fazendo com que as crianças, jovens e adolescentes desenvolvam uma visão coletiva;

• Oportunizar o desenvolvimento físico, psicológico e social, de maneira saudável, orientada e com acompanhamento técnico;

• Propiciar às crianças, jovens e adolescentes o conhecimento teórico, prático, técnico, tático, disciplinar e solidário;

• Integrar o aluno, professor, família e comunidade, atendendo a nossa perspectiva de inclusão social;

• Preparar as crianças, jovens e adolescentes para coordenar e arbitrar em jogos nas modalidades: futebol de campo, beach soccer, futsal e society;

• Ensinar as regras das modalidades citadas acima;

• Dar ênfase na socialização;

• Evidenciar em todo momento a disciplina e o respeito aos colegas e professores antes, durante e após os treinamentos;

• Participar de partidas amistosas e campeonatos das modalidades acima citadas e nas categorias de base como: mirim, infantil, juvenil, junior  e adulto;

• Avaliar periodicamente o desenvolvimento individual, físico motor de habilidades motoras, psicológico e de socialização dos beneficiados pelo projeto.